Dormir bem
para viver melhor

BOAS VINDAS

Bem-vindo a nossa CONSULTORIA EM SONO!  

Com informações simples e esclarecedoras, esperamos que nesta plataforma você possa aprender um pouco mais sobre a importância do sono para a qualidade de vida, entender a necessidade de descanso em cada faixa etária e, quem sabe, perceber que os distúrbios que você vem enfrentando merecem atenção e cuidados. 

Essa consultoria tem a finalidade de lhe oferecer um serviço especializado e muita conveniência. Não são poucos os pacientes do interior que não dispõem de especialistas em sono e precisam se deslocar aos centros urbanos para solucionar problemas que, muitas vezes, com simples medidas comportamentais, são resolvidos. Mas não só eles se beneficiam. Idosos com dificuldades de locomoção, mães preocupadas com o sono dos filhos, executivos sem tempo: todos ganham em conveniência e segurança. 

Fica aqui nosso convite para que você navegue em nossas páginas e esclareça suas dúvidas, tanto à distância, como presencialmente.

DR. GERALDO RIZZO

Mobirise

É graduado em medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), pós-graduado em neurologia na PUCRS, fellowship na Duke University, North Carolina (USA) e possui MBA de Gestão da Saúde pela Fundação Getúlio Vargas.

Dr. Geraldo Nunes Vieira Rizzo é especialista em Neurologia, Neurofisiologia e Medicina do Sono.

Diretor do Sonolab – Laboratório do Sono e da Neurológika, ambos localizados no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS).

Membro da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), da Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica (SBNC), Associação Brasileira do Sono (ABS), da Academia Americana de Sono (AASM) e Sociedade Mundial de Medicina do Sono (WASM). 

DISTÚRBIOS DO SONO

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 40% dos brasileiros são afetados por algum dos mais de 100 distúrbios do sono catalogados na Classificação Internacional dos Distúrbios de Sono em sua terceira edição (2014).

Nos Laboratórios do Sono, e nos consultórios de especialistas em Medicina do Sono, os distúrbios mais comuns são os respiratórios, como Ronco e a Apneia Obstrutiva do Sono (AOS), Insônia e Síndrome das Pernas Inquietas. 

Para maiores informações sobre os distúrbios do sono acesse www.sonolab.com.br

CONSULTORIA
EM SONO

Abaixo você encontra nossas opções de consultoria e atendimento específicas para cada faixa etária. Constam, também, possibilidades de palestras em empresas e escolas.

 BEBÊS E CRIANÇAS

BEBÊS E CRIANÇAS

Um recém-nascido dorme 16 das 24 horas do dia, apresentando ciclos de sono muito curtos, o que entra em conflito com o sono dos pais, além de prejuízos nas atividades diárias dos adultos.  Para auxiliar os pais nesta fase da vida, a Consultoria em Sono pode ser à distância ou presencial.

ADOLESCENTES

ADOLESCENTES

O sono é fundamental na fase de crescimento. A privação de sono pode tornar as crianças e adolescentes mais agitados, agressivos e com falta de atenção, o que impacta no aprendizado. Para auxiliar os pais nesta fase da vida de seus filhos, a Consultoria em Sono pode ser à distância ou presencial.

ADULTOS

ADULTOS

Uma pessoa na fase adulta necessita de 8 horas diárias de sono, em média. Quantidade e qualidade do sono são fundamentais para o bom rendimento diurno, como forma de evitar doenças cardio e cerebrovasculares, entre outras.  A Consultoria em Sono pode ser à distância ou presencial.

IDOSOS

IDOSOS

A quantidade e a qualidade do sono declinam com o passar dos anos.  O idoso dorme uma média de 6 a 7 horas por noite e uma grande maioria deles se queixa de insônia ou outros distúrbios de sono. A Consultoria em Sono pode ser à distância ou presencial.

EMPRESAS

EMPRESAS

O sono é fundamental para a produtividade em todas as áreas profissionais. Uma boa noite de sono diminui os riscos de problemas de saúde, como depressão, ansiedade, diabetes e obesidade, reduzindo, consideravelmente, o absenteísmo no trabalho. Também o sono dos profissionais que trabalham no período noturno e os motoristas profissionais precisa ser avaliado.  A Consultoria em Sono pode auxiliar as empresas a manter o bom desempenho de seus colaboradores.

ESCOLAS

ESCOLAS

O sono tem importância fundamental para o adequado crescimento físico, estabilidade emocional, comportamento e cognição de crianças e adolescentes. Pais e escolas precisam estar atentos a estes aspectos, no sentido de otimizar a qualidade de vida e de aprendizado. A Consultoria em Sono pode auxiliar nos esclarecimentos adequados.

HIGIENE DO SONO

As dúvidas sobre o sono, sua qualidade, doenças e tratamento são muitas, mas cada caso precisa ser analisado individualmente e discutido com o especialista em Medicina do Sono. No entanto, a adoção de algumas práticas – que costumamos chamar de higiene do sono – podem resolver grande parte dos problemas. Entre elas destacamos:

Dicas diurnas para dormir melhor
  • Manter rotina é fundamental. Levantar no mesmo horário todos os dias (inclusive nos finais de semana).
  • Manter programação regular com refeições. Importante observar os sinais que o corpo envia a fim de encontrar um ritmo individual.
  • A luz é o principal controlador do relógio biológico natural e a solar é a melhor. Ao levantar da cama acenda a luz do quarto e abra a janela.
  • Fazer exercícios físicos durante o dia, e nunca à noite, ajuda a melhorar a qualidade do sono, além de ser eficaz na redução do estresse e melhora do humor.
  • A cama é feita para dormir e não fugir dos problemas. Se precisar tirar uma soneca durante o dia, que seja curta – 30 minutos. Mas, não faça da soneca uma prática rotineira.
  • A cafeína é um estimulante natural. Então, após às 13h evite bebidas como café, chá verde, chá preto, chimarrão e guaraná, pois elas podem dificultar o relaxamento e contribuir para a perda do sono. 
Dicas noturnas para dormir melhor
  • Defina uma rotina e horário regulares para deitar. Se você dormir acompanhado (a) compartilhe os hábitos com o parceiro.
  • Está com sono, mas o cérebro não para de pensar, dificultando o relaxamento? O ideal é pegar caneta e papel no início da noite para anotar os motivos de preocupação. Funciona!
  • Evite notícias, manuseio de eletrônicos (TV, tablets, celulares) por pelo menos 1 hora antes de dormir.
  • Como está o ambiente onde vai dormir? Ele está escuro e silencioso? Feche as persianas ou instale cortinas blackout. Se você é sensível a barulhos, experimente fones de ouvido com cancelamento de ruidos. A temperatura como está? É mais fácil dormir em um quarto com temperatura amena do que em um ambiente quente. Verifique o ar condicionado.
  • O que você tem feito para reduzir o estresse e a ansiedade? Tente estabelecer uma rotina relaxante antes de dormir. Que tal relaxar a mente através de exercícios de respiração e meditação? Um banho morno ao som de uma música suave também é uma excelente opção.
  • Massagem com óleos essenciais calmantes – lavanda, jasmim ou camomila ajudam a relaxar.
  • Faça um pacto com os outros moradores da casa para entrarem todos no mesmo ritmo de preparação para o sono.

DORMIR EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS

Mobirise

Em tempos de pandemia pela COVID-19, a médica neurologista, Teresa Paiva, - considerada a maior autoridade em sono, em Portugal - sugere algumas atitudes que podem ser adotadas no dia-a-dia. As sugestões estão divididas em hábitos, regras, o que fazer e o que não fazer.

Que hábitos introduzir no cotidiano
  • Comer bem é essencial para o sono; nem demais, nem de menos. Coma verduras e frutas. Evite doces, gorduras e álcool.
  • Fazer exercício em casa é excelente. Procure exercícios na TV, em sites, dance, faça yoga, tai-chi ou qualquer outra atividade que movimente o corpo.
  • Estude, leia, faça jogos com a família, medite.
Estabeleça Regras
  • Manter a rotina é essencial. Um pouco de preguiça é aceitável, mas não deixe de estabelecer objetivos para serem cumpridos ao longo do dia.
  • Acordar sem despertador é um privilégio a experimentar. Ter horas para adormecer é fundamental (não deite tarde demais por ficar nas redes sociais ou equivalente).
  • Tome seu café da manhã preferencialmente em frente à janela, na varanda ou no quintal. Dê um passeio a pé pela manhã.
O que fazer
  • Faça tudo aquilo que antes não tinha tempo: trate de coisas que deixou para trás, arrume o que tem para arrumar, faça carinhos que tinha esquecido.
  • Divirta-se sozinho ou com os seus, volte a ser criança, invente jogos, brincadeiras, ouça música, veja filmes, visite virtualmente terras e museus, ria. Rir é o melhor remédio.
  • Fale com amigos que não vê há anos, descubra amigos nos seus vizinhos, reencontre virtualmente amigos.
O que devemos pensar
  • Aceitar uma situação, da qual não se pode fugir, ajuda muito a ultrapassá-la.
  • Relativizar as situações é ver o copo meio cheio, ao invés de meio vazio.
  • A esperança é o toque mágico da sobrevivência.
O que não fazer
  • Mantenha-se informado, mas deixe as desgraças de lado; evite tragédias e coisas deprimentes.
  • Não se queixe, nem se ache a pessoa mais infeliz do mundo; basta olhar em volta para ver que não é assim.
  • Não fique todo o dia sentado em frente à TV, no celular ou nas redes sociais; experimente atividades manuais, como costura, tricô, pintura, crochê, jardinagem, culinária, etc.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

No site do Sonolab – Laboratório do Sono, você encontra uma série de perguntas e respostas referentes aos transtornos de sono.

Acesse www.sonolab.com.br

NOTÍCIAS

Os adolescentes americanos não dormem o suficiente nos dias de hoje, e a autora Lisa L. Lewis se recusa a ignorar o assunto.

Lewis, mãe de dois filhos, ajudou a criar a primeira lei do país exigindo horários saudáveis ​​de início da escola para adolescentes – uma lei que será posta em ação na Califórnia no final deste verão de 2022

Seu próximo livro, “Adolescentes privados de sono: por que nossos adolescentes estão tão cansados e como os pais e as escolas podem ajudá-los”, será lançado em 7 de junho e detalha muitas coisas que pais e cuidadores precisam saber sobre adolescentes e sono.

Lewis compartilhou por que o sono é tão importante para os adolescentes, quanto sono os adolescentes devem dormir e por que eles precisam dormir mais do que os adultos.

Ela aborda todos os fatores que podem afetar negativamente o sono dos adolescentes: tecnologia, gênero, identidade sexual e status socioeconômico, para começar com alguns.

A ideia do projecto inovador do hotel é da neurologista e especialista em medicina do sono Teresa Paiva, através da empresa Sleep &  Nature, que tem como principal investidor o Centro de Eletroencefalografia e Neurofisiologia Clínica Ltda — Dra Teresa Paiva (CENC), e accionista a Portugal Ventures, sociedade de investimento que associa o Banco de Fomento Nacional, instituição bancária do Estado, e várias entidades bancárias privadas, financiadora de projectos empresariais inovadores.

Situado na freguesia do Lavre, no concelho de Montemor-o-Novo, a nova unidade hoteleira, com quatro estrelas,  inaugurado em 30 de junho de 2022. Rodeado de planície e oliveiras, o hotel convida ao descanso, sendo pioneiro na realização de terapias de sono e combate ao stress para os hóspedes.

O CENC-Dra. Teresa Paiva assegurará a valência da medicina do sono do Hotel Sleep & Nature. O Sleep & Nature disponibiliza 32 quartos, sendo oito quartos duplos, 12 quartos duplos com pátio, sete suítes e cinco suítes familiares com terraço. Oferece ainda um restaurante com esplanada, piscina exterior, Spa com piscina climatizada, sauna e banho turco, ginásio, biblioteca e sala de estar com lareira, e ainda diversos espaços exteriores integrados na natureza envolvente.

A gestão do Hotel Sleep & Nature é da responsabilidade da Amazing Evolution, empresa que já gere várias unidades hoteleiras em Portugal. O projecto de arquitectura do Hotel, com linhas que visaram o desfrute do espaço e características do ambiente alentejano, é da autoria e concepção dos arquitectos Sílvia Namorado Oliveira e Paulo Antunes.


Um estudo de investigadores de universidades dinamarquesas e alemãs, concluiu que o aquecimento global faz diminuir as horas de sono da população mundial. O aquecimento global está aumentando as temperaturas durante a noite, num processo ainda mais rápido do que durante o dia. O arrefecimento da temperatura do corpo é um processo biológico ligado ao sono mas o mesmo arrefecimento é mais difícil quando a temperatura está mais quente.

A investigação, publicada na revista One Earth, revela que o cidadão médio mundial está perdendo 44 horas de sono por ano em virtude do aquecimento global, atingindo mais as mulheres em um quarto de diferença, os idosos em duas vezes mais e a população que vive em países mais pobres em três vezes mais. O estudo, realizado entre 2015 e 2017, envolveu 47 mil pessoas de 68 países, em quem foram colocados actígrafos, representando uma leitura de dados de mais de  7 milhões de noites, constituindo a maior amostra de sempre nesta matéria.

Estudos anteriores revelaram que o aumento das temperaturas prejudica a saúde, envolvendo o aumento de ataques cardíacos e os problemas de saúde mental, além de causar mais acidentes e lesões.

Com o estudo agora realizado, os investigadores dinamarqueses e alemães sugerem que a diminuição das horas de sono por causa do aumento das temperaturas à noite pode ser o factor chave para explicar estes efeitos na saúde. Desde o final do estudo, em 2017, o aquecimento global  ainda se tem intensificado, sendo provável que um novo estudo na área desse resultados de perda de horas de sono ainda maiores.

16/06/2022


É um transtorno relacionado a uma instabilidade do sono. O sonâmbulo é alguém que não está nem plenamente acordado nem plenamente dormindo. Não tem um despertar normal e passa a andar ou falar coisas desconexas

Alguns sonâmbulos abrem portas e saem de casa. Outros trocam de roupa, abrem janelas e gavetas, alimentam-se ou urinam. A coordenação no início dos episódios é pobre, podendo tornar-se mais complexa. A expressão facial é estática, e o indivíduo geralmente mantém os olhos abertos e fixos. Normalmente se recomenda não acordar o sonâmbulo, apenas o conduzir de volta para a cama, pois ele pode ficar agressivo, assustado, confuso, machucar-se.

Os episódios, que geralmente ocorrem no primeiro terço da noite, duram de alguns segundos até cerca de 20 minutos, mas já foram registrados casos (raros) com duração entre 30 e 40 minutos.

Episódios de sonambulismo são mais frequentes durante a infância e tendem a se tornar mais escassos entre a adolescência e a vida adulta. Entre os 2 e os 13 anos de idade, a taxa de prevalência de sonambulismo é de 29,1% e na população adulta é de cerca de 2,5%, 

 

As causas desse distúrbio do sono ainda não são totalmente conhecidas, e costumam ser variadas. Remédios para dormir, distúrbios epilépticos e privação de sono, por exemplo, podem deflagrar episódios de sonambulismo.

 

O tratamento varia conforme a gravidade do caso e consiste em orientação, medidas comportamentais e medicamentos. Quando acontece na infância costuma evoluir bem. Quando começa na vida adulta é preciso fazer o diagnóstico diferencial com outras patologias neurológicas.

 

Roncar não é normal, independente do sexo e da faixa etária. Trata-se de um distúrbio respiratório do sono.

Quando o ronco é alto e frequente, acompanhado de engasgos e paradas respiratórias pode ser sinal de outro distúrbio respiratório conhecido como apneia do sono

O indivíduo com apneia costuma ter cansaço durante o dia e sonolência, dormindo em qualquer situação. Costuma dizer que não tem problema com o sono pois dorme fácil e em qualquer lugar.

Ronco e apneia são tratáveis. Não tolere alguém ao seu lado roncando, pois, o seu sono também é prejudicado e o risco de surdez é considerável ao parceiro do roncador. Encaminhe seu(sua) companheiro(a) a um especialista em Medicina do Sono.

Considerando que a Apneia Obstrutiva do Sono se caracteriza pela obstrução mecânica ou fechamento das vias aéreas superiores precisamos de um tratamento que alivie essa obstrução.

O CPAP um aparelho de pequeno tamanho, que fica na cabeceira da cama, ligado a uma mangueira flexível e a uma máscara ajustada no nariz (nasal) ou nariz e boca (oro nasal, facial), gerador de um fluxo contínuo de ar, com pressão positiva para manter a garganta aberta durante todo o período de sono.

O CPAP está indicado para indivíduos de qualquer idade, com quadros graves de apneia obstrutiva, naqueles muito sonolentos durante o dia e até para roncadores que querem resolver seu problema de forma mais rápida.

A indicação do tratamento com CPAP deve ser feita por médico e o acompanhamento costuma ser feito por fisioterapeuta

 

Um estudo realizado na State University de Brooklyn, New York e publicado no volume de janeiro do Archives of Otolaryngology - Head & Neck Surgery investigou 42 crianças com Sindrome da Apneia Obstrutiva do Sono. Esse grupo de crianças que faria adenoidectomia e amigdalectomia foi comparado com 41 crianças sem história de ronco e que iriam se submeter a outras cirurgias eletivas não relacionadas. Os pesquisadores notaram que o grupo das crianças com apneia do sono tinham uma alta prevalência de problemas emocionais e comportamentais (29% x 10%)

Antes e 3 meses após a cirurgia das crianças, os pais completaram 2 testes validados: Child Behavior Checklist e Pediatric OSA Quality-of-life Survey. Baseado nos resultados, o estudo mostrou que dificuldades comportamentais e emocionais nas crianças com apneia do sono documentada melhoraram após tratamento.

1.    Luz baixa cria uma atmosfera que dá sono. Ela praticamente reproduz o fenômeno natural do pôr do sol dentro de casa. Ilumine o ambiente com luzes baixas no final do dia: o corpo vai reagir, e você vai adormecer mais rápido.  

2.    Quarto escuro. Apague as luzes quando for dormir. A luz interrompe a produção de melatonina no corpo, confundindo e atrapalhando os processos metabólicos que fazem uma pessoa cair no sono e continuar dormindo.

3.    Crie um ritual de dormir. Por exemplo, escove os dentes, tome um banho ou leia um livro imediatamente antes de ir dormir. Fazendo isso sempre, você condicionará o corpo: ele vai aprender que depois de uma coisa vem a outra e, depois de um tempo, adormecer vira um ato automático.

4.    Quarto fresco. A temperatura ideal do quarto vai de 16°C até 18°C. 

Dormir bem pode parecer luxo às vezes, mas é algo fundamental para a saúde. Cuide do seu corpo, descanse bem. O seu bom dia depende da sua boa noite e vice-versa

 

Os relógios biológicos dos adolescentes os colocam em desacordo com as demandas sociais e dos pais. Seu desejo fisiológico de ficar acordado até tarde e a pressão para acordar cedo para a escola aumentam o risco de sonolência e insônia, prejudiciais em comparação com outros segmentos da população.

Além de ter um impacto negativo no humor e na atenção, a insônia é um fator de risco crítico para depressão, abuso de substâncias e - o mais preocupante - suicídio. Apesar dos riscos de insônia prolongada, a maioria dos jovens não procura ajuda

As pessoas frequentemente subestimam o impacto da dieta na qualidade do sono, mas se você não estiver obtendo um bom sono, o culpado pode ser o que você está comendo ou bebendo.

Esses alimentos são ricos em aminoácidos que liberam neurotransmissores excitatórios ou estimulantes.

Veja quando e quão frequentemente você está fazendo uso do seguinte:

 

Toranja ou Grapefruit

Aipo ou salsão

Comidas gordurosas

Tomates e outros alimentos ricos em tiramina como molho de soja e berinjela

Álcool

Brócolis, couve-flor, feijão e outros alimentos ricos em fibras e muito temperados ou apimentados

Chocolate escuro, café e chás devido à cafeína

Sobremesas e molhos doces

Alimentos ricos em proteína como as carnes

Um estudo publicado no European Respiratory Journal sugere que as pessoas com apneia obstrutiva do sono e insônia podem apresentar um risco maior de doença cardíaca e morte. Pacientes com ambos os distúrbios do sono tinham 70% mais chances de ter doença cardiovascular e duas vezes mais chance de ter hipertensão do que aqueles que tinham um ou nenhum dos distúrbios do sono.

Dr. Geraldo Rizzo participa do programa Happy Hour, de 13/04/2020 em um bate papo sobre o sono durante a quarentena do Covid-19. 
Veículo: BandNews

Em entrevista ao programa Band Cidade, Dr. Geraldo Rizzo aborda o que desencadeia a dificuldade de dormir e apresenta dicas que podem melhorar nosso cotidiano.
Emissora: Band TV

PARTE 1
No programa Completamente Saudável o neurologista Geraldo Rizzo fala sobre a importância do tripé Sono, alimentação e prática de exercícios para manter a qualidade de vida.
Emissora: Canal 20 Net

PARTE 2
No programa Completamente Saudável o neurologista Geraldo Rizzo fala sobre a importância do tripé Sono, alimentação e prática de exercícios para manter a qualidade de vida.
Emissora: Canal 20 Net

Ao vivo no programa Bom Dia Rio Grande, o especialista em sono, Dr. Geraldo Rizzo fala sobre os principais distúrbios do sono.
Emissora: RBS TV

Dormir tarde pode acarretar em problemas sérios de saúde e levar à morte precoce. Em reportagem do programa Band Cidade, o neurologista Geraldo Rizzo explica a importância da qualidade do sono para evitar doenças.
Emissora: Band TV

Quarentena aumenta a busca por conforto. Em reportagem da Band TV Dr. Geraldo Rizzo da dicas para dormir melhor.
Emissora: Band TV

ENTRE EM CONTATO

IN 1183 Prime Offices, Avenida Independência 1183 salas 901 e 902, entrada de veículos pela Rua Ramiro Barcelos, 1201.
Estacionamento rotativo.
Email: contato@geraldorizzo.com.br
Whatsapp: 51 98118.0250